Empadas Salgadas

Gentem!!!!
Ontem fiz empadinhas e antes que pudesse preparar a máquina para fotografar, eis que uma havia sumido!!!!!!!!!!!!!
Mas, tão de repente quanto desapareceu, reapareceu na palma da mão da minha filhota.
Tá certo, o almoço estava atrasado em 2 h, mas a empadinha estava fumegante, recém saída do forno! E para ser sincera, ela nem sempre almoça, muito menos tem hora certa para almoçar.
Voltemos às empadas.
Gosto muito de massa podre, mas desta vez exagerei: coloquei uma colher, das de sopa, de banha de porco na massa, mas não aumentei a quantidade de farinha.
Resultado: a massa ficou mais quebradiça do que o normal.
Uma delicia!!!!!!!!!!!!!!!!

Ainda bem que nem sempre tenho banha de porco em casa.
Aliás, é muito raro.
Desta vez eu tinha, porque minha filhota comprou carré e a capa de gordura estava muito grande. Aproveitei as tiras de gordura para fazer meia xícara de banha.
E como ela está estudando nutrição e dietética, estamos reduzindo algumas coisas.
Nada radical, como vocês podem perceber pelo assunto de hoje… … … …
Ah! E se vocês pensam que ela conseguiu degustar aquela empada que tão apressadamente pegou, estão redondamente enganados.
O filhote/dog mais novo dela, o Bacureba, deu um bote e abocanhou a empada das mãos dela.
A justiça vem à cavalo, neste caso, à cachorro!!!!! kkkkkkk

Ingredientes:

– 2 gemas;
– suco de meio limão;
– sal;
– 1 dente de alho;
– 300 ml de óleo;
– 450 g de farinha de trigo;
– 1 colher (das de sopa) de banha de porco.

Primeiro prepare a maionese.
Amasse o alho, misture o suco de limão e o sal.
Coloque as gemas com a mistura de limão no liquidificador ou batedeira e bata.
Quando começar a mudar de cor, comece a acrescentar o óleo em um fio fino e continuo. Se tiver azeite é muito melhor, porque emulsiona mais rápido e é preciso uma quantidade menor de azeite do que de óleo para se conseguir a mesma quantidade de maionese.
Não se esqueça de virar a tampinha central da tampa do copo do liquidificador. O furinho desta tampinha fará o óleo cair diretamente no hélice do liquidificador, facilitando a emulsão.

Passe a maionese para uma bacia. Obtive 300 g de maionese.
Misture a farinha de trigo até obter uma massa lisa e úmida, cerca de 450 g de farinha.
Se quiser, acrescente a banha de porco e mais um pouco de farinha para acertar o ponto.
Mas a empadinha só com a maionese já ficará maravilhosa. Aliás, a massa com banha de porco rachou ainda no forno. Só com a maionese isso geralmente não acontece.

Forre forminhas de empada com uma camada fina de massa e preencha com o recheio.
Tampe com a massa.
Fiz em forminhas nº2 porque minha filha substitui uma refeição por uma empada e fazendo grandes ela come mais recheio do que massa.

Mas, para o lanchinho de fim de semana a nº 1 ou nº 0 são as ideais.
Pincele gema misturada com azeite e leve ao forno por 30′ ou até dourarem muito bem.

Se quiser fazer empadão, separe 1/3 da massa total para fazer a tampa e use um plástico para abrir a massa para a tampa.

Recheie e cubra com a tampa.
Não se preocupe se na hora de virar a tampa sobre o recheio, a tampa “quebrar”. Pincele a gema dissolvida com azeite e leve para assar. As rachaduras em geral desaparecem, quando a massa aquece e assa.
Para diminuir o risco de muitas rachaduras, deixe a massa da tampa ligeiramente mais úmida do que a massa do corpo do empadão.

Recheio de frango:

– frango cozido e desfiado;
– 1 lata de milho;
– azeitonas a gosto;
– creme de leite ou requeijão a gosto.

Como eu não gosto de desperdícios, costumo comprar o frango inteiro, cortar em pedaços e guardo a carcaça para fazer recheios. Sempre deixo uns pedaços a mais de peito presos à carcaça.
Cozinhe a carcaça ou a peito com temperos a gosto e desfie.

Misture o milho, as azeitonas e o creme de leite ou requeijão.
Deixe o recheio bem sequinho, para que o molho não ferva estourando as empadas.

Recheio de queijo:

– 250 g de queijo branco amassado;
– creme de leite de caixinha ou requeijão cremoso;
– 2 gemas;
– noz moscada ralada;
– 50 g de provolone ralado.

Misture o queijo branco, as gemas, a noz moscada e o provolone.
Dê liga com o creme de leite ou requeijão cremoso.

Não deixe o recheio muito líquido.
Coloque uma porção de recheio nas empadas já forradas com a massa e não coloque tampinha de massa. As empadas de queijo, geralmente, são abertas.

Varie os recheios usando frutos do mar, bacalhau, legumes cozidos no vapor ou creme de queijo.
Mas sempre faça recheios bem sequinhos.
E se quiser variar a massa escolha uma outra opção de massa na postagem Massas básicas de empada.

Para ver outras receitas de empadas e salgadinhos acesse o Índice 5.